Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


30
Set13

A moda dos spin-off de séries parece que vai fazer moda. Depois de há dias ter dito aqui que já está a ser estruturada uma nova série no ambiente de "The Walking Dead", que irá explorar a história de um grupo de pessoas totalmente diferente do que já conhecemos, foi agora tornado público que um dos criadores de "Modern Family" estará, também, a preparar um spin-off, que acompanhará a família de Gil Thorp, o rival de Phil Dunphy no mercado imobiliário. Segundo a "Rolling Stone", o projecto deverá mesmo ir para a frente e deverá ser emitido em simultâneo com o original "Modern Family".

 

Só espero que a qualidade desta spin-off se mantenha, e que possamos ter mais uma série que nos faça rir, com humor inteligente, coisa que começa a rarear.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 15:27

30
Set13

Notas eleitorais

por O Arrumadinho

Coisas a reter da noite eleitoral:

 

1. Parabéns aos eleitores do Porto, os primeiros a eleger um movimento de cidadania para a autarquia. Há sensivelmente um ano escrevi aqui no blogue que o futuro da política passava muito por este tipo de organizações, sobretudo devido ao desgaste dos principais partidos, e principalmente dos seus actores políticos. O Porto teve a coragem de dar esse passo em frente e escolher Rui Moreira. Só espero que a aposta resulte e que, assim, se marque uma viragem na forma de se fazer política em Portugal.

 

2. Ainda continuo em negação em relação ao resultado de Oeiras. Sinceramente, não consigo entender como é que uma população urbana, cosmopolita, informada continua a pensar de forma local sem abrir os olhos ao que é justo e moral. Eleger o discípulo de um autarca que está detido por ter cometido as mais diversas fraudes no concelho faz-me muita confusão. O argumento do "ah, mas ele fez muito pelo concelho" também não me convence. Jamais votaria num homem desonesto e criminoso só porque ele proporciona isto ou aquilo. Da mesma forma que não compro óculos e máquinas fotográficas que me mostram na rua, a preços ridiculamente baixos, pelo simples facto de que sei que são roubados.

 

3. Surpreendeu-me o resultado do PS a nível nacional. Não esperava que ganhassem algumas das câmaras que ganharam - sobretudo Sintra -, mas continuo a achar que António José Seguro sai muito mais fragilizado do que vencedor destas eleições, sobretudo após as declarações dúbias de António Costa que se recusou a responder à pergunta sobre se iria cumprir o mandato até ao fim.

 

4. Ainda a propósito disto, achei vergonhoso o que se passou na sede de campanha de Costa, aquando da conferência de imprensa. Quando a jornalista lhe perguntou, precisamente, se iria cumprir o mandato até ao fim, ouviu-se um coro de assobios e insultos à repórter, que estava apenas a cumprir com o seu dever. Costa, que devia ter mais juízo do que a turba em delírio, atirou gasolina para a fogueira e respondeu: "A senhora sabe responder-me se vai estar a trabalhar no mesmo órgão de comunicação social daqui a dois anos?". Uma resposta parva, já que a jornalista não foi eleita pelo povo, não apresentou ao eleitorado uma lista de propostas para o convencer a ser eleita. A pergunta é legítima, pertinente e mereceria uma resposta mais afirmativa. Costa não se quis comprometer para, daqui a dois anos, quando decidir abandonar Lisboa, não ser confrontada com a mesma. Quem não deve ter achado muita graça a isto foi Seguro.

 

5. Continuo sem saber o resultado eleitoral de Manuel "o Ninja" Almeida em Gaia.

 

6. Tal como escrevi antes das eleições, a CDU foi a grande vencedora, conquistando muitas novas câmaras no Alentejo e reforçando algumas maiorias em cidades importantes como Setúbal. A tradição de boa gestão autárquica dos comunistas terá aqui mais um desafio. Uma vitória de Jerónimo de Sousa, o político da oposição mais esclarecido e menos comprometido, apesar do discurso gasto, mas conveniente numa altura destas.

 

7. O Bloco de Esquerda foi dizimado nestas eleições. Este novo modelo de liderança tem aqui a primeira grande derrota, e, para mim, é a prova que faltava de que não funciona. Louçã, por muito desgastado que estivesse, tinha um carisma e uma credibilidade que esta nova direcção não tem e jamais conseguirá ter.

 

8. Parece que ao ver isto perdi uns belos pares de mamas na TVI, mas pronto, nos próximos dias já me actualizo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:16

29
Set13

Hoje à noite a vida de muita gente irá mudar.

Para uns será mais alegre, para outros mais triste. Teremos de esperar pela noite para o saber. Mas que muita gente já está em pulgas, lá isso está. Não é todos os dias que começa mais uma edição da "Casa dos Segredos".

 

Confesso que andei uns dias em negação — não queria acreditar que a TVI iria colocar a estreia do reality show no dia das eleições. Pareceu-me demasiado espatafúrdio para ser verdade. A noite eleitoral, sobretudo quando falamos de legislativas e autárquicas, é aquela que vai determinar muito sobre o nosso futuro, sobre a orientação governativa das nossas freguesias e concelhos. É algo demasiado importante para que se queira desviar a atenção das pessoas para um reality show cheio de gente desinteressante.

 

Quem me lê, sabe que não tenho nada contra este tipo de programas, e não vejo problemas nenhuns que eles existam. Servem para nos rirmos da vida dos outros, da estupidez dos outros, para descontrairmos ali meia-hora quando nos sentamos no sofá depois de jantar. 

Agora, arrancar com um programa destes, que deverá ser visto por perto de 2 milhões de pessoas, numa noite decisiva para o País, em que todos deveríamos estar concentrados e interessados naquilo que se vai passar de norte a sul, isso, já acho quase uma provocação, uma tentativa de alienação das pessoas. Sei bem que a TVI é um canal privado, interessa-se sobretudo por audiências, mas às vezes temos de ter um pouco de responsabilização social, bom senso, e é isso que não me parece que esteja a existir. É pena e é um pouco triste.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:55

28
Set13

Oito milhões!

por O Arrumadinho

O blogue atingiu os 8 milhões de visitas, um número que me enche de orgulho.

No mesmo dia, superou os 25 mil fãs no Facebook e está mesmo, mesmo a chegar aos 6 mil seguidores no Instagram.

Com um número de visitas diárias a rondar as 20 mil, O Arrumadinho está a atingir os melhores números de sempre.

Tudo isto só é possível porque vocês estão aí desse lado.

O meu sincero obrigado a todos os que por aqui passam, diariamente, ocasionalmente ou raramente. O que interessa é que passam, e muitos deixam contributos interessantes e válidos. Que daqui a uns tempos sejamos ainda mais.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:24

28
Set13

Sem comentários

por O Arrumadinho









Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 12:18

Pág. 1/8




A minha segunda casa


Sigam-me


Os meus livros


Sigam-me no SAPO

foto do autor


Coisas mais antigas

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Google Analytics



SAPO Blogs