Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


20
Abr15

A Corrida do Benfica

por O Arrumadinho

Depois de seis dias consecutivos a malhar no duro no reshape do EPIC SANA Algarve (ainda me falta falar-vos do último dia, eu sei), fizemo-nos à estrada a tempo de ainda virmos fazer a Corrida do Benfica. Podem falhar-se meias-maratonas, maratonas, trails incríveis, mas a Corrida do Benfica é sagrada.

11129541_1044919305522969_7480738308093429847_n.jp

 

Há duas semanas, e porque me sentia em boa forma, decidi que iria tentar fazer um tempo na casa dos 40 minutos nesta prova, uma marca que já não consigo desde 2012, altura em que bati o meu recorde nesta distância, precisamente na Corrida do Benfica, com 39'07''. Só que o reshape deixou marcas. Não descansei um único dia da semana, fiz muito trabalho muscular, muito peso, muita força, e pouco treino de corrida e velocidade, o que me deixou menos confiante. Ainda assim, fui para ver no que é que a coisa dava.

Assim que chegámos perto do Centro Comercial Colombo comecei logo a achar que dificilmente conseguiria os meus objetivos. Estavam milhares e milhares de pessoas na linha de partida. Como normalmente vou sempre com pessoa que só vai para confraternizar e curtir o ambiente de prova, ninguém quer verdadeiramente saber de onde é que parte — isso é coisa dos cromos da corrida, como eu. Faltavam cinco minutos para a partida quando cheguei ao final da fila dos participantes nos 10 km. Comecei a tentar furar para chegar um pouco mais à frente, mas o melhor que consegui foi chegar à placa que dizia +60, ou seja, o pessoal que contava fazer mais de um hora. Resultado: ao quilómetro quatro ainda ía aos ziguezagues a tentar correr por entre as pessoas, passar pelas bermas, interromper filas horizontais de amigos que iam todos no paleio, coisas do género. Senti-me um corredor de fórmula 1 que foi desclassificado e obrigado a partir do último lugar da grelha, e depois foi a corrida toda a ultrapassar os outros concorrentes. Ou seja, nos primeiros 15 minutos de prova não consegui melhor do que um registo médio de 4'20'', muito fraco para quem quer correr na casa dos 40'.

Para compensar o atraso, fiz uma segunda metade rapidíssima, sempre a sprintar, nos meus 85% de capacidade cardiovascular. Consegui ir muitos minutos em média de 3'30'', 3'45'', numa tentativa de recuperar terreno perdido. Só que estes sprints, travagens, mudanças de direção dão cabo de uma pessoa e no quilómetro 9 senti que comecei a perder gás. Ainda acelerei o mais que consegui nos últimos 500 metros e cheguei ao fim com um tempo de chip de 41'17'', tempo oficial de 44' e qualquer coisa. 

Mesmo não tendo ficado na casa dos 40', como queria, fiquei a apenas 18'' de o conseguir, o que me deixou com a certeza absoluta que caso tivesse partido da frente teria conseguido baixar dos 40 minutos. Na classificação final, e tendo em conta o tempo de chip, teria ficado aí na posição 225, em 14.500 participantes, o que é bastante bom para mim.

Depois de ter cortado a meta, fui buscar a medalha e fui a correr em sentido contrário até ao km 9, à espera da minha mulher, para lhe fazer companhia nos últimos metros. Vi passar meio mundo (um beijinho a todas as leitoras do blogue que me reconheceram), e ela só apareceu quase já com uma hora de prova. Vinha a acompanhar o Zé "Pato" Carlos e o seu batboy. Fui com eles até ao fim e ainda tirámos umas fotos engraçadas na meta. 

Para o ano há mais. Mantenho o desafio que lancei a mim mesmo: antes do Verão baixo os 40 minutos numa prova de 10 km.

10360466_10206943609214802_597627410450056261_n.jp

O grupo de corredores a que me juntei na partida (sim, só mesmo na partida) 

11174880_368127020041685_4528052491334202632_n.jpg

 O Batboy foi uma das figuras da corrida

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:44


1 comentário

Sem imagem de perfil

De A Pipoca Arrumadinha a 21.04.2015 às 16:11

Boa corrida!

Comentar post




A minha segunda casa


Sigam-me


Os meus livros


Sigam-me no SAPO

foto do autor


Coisas mais antigas

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Google Analytics



SAPO Blogs