Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


28
Jan14

Dieta e treinos

por O Arrumadinho

Como é tradição todos os anos, entrei em dieta. Não que esteja um pote, mas a verdade é que também não estou magro e engordei uns quatro ou cinco quilos desde Setembro, o que também não é muito anormal na minha vida. Não costumo oscilar muito de peso, mas ando sempre entre os 65 e os 70, por aí. Neste momento, tenho 72, o que fez soar a campainha. Por isso, desde ontem, regime.

 

Normalmente, não tenho uma alimentação muito desregrada. Tento comer coisas saudáveis, não abuso de fritos, mas tenho um problema sério: adoro comer. É um dos grandes prazeres que tenho na vida. E, por isso, como, e como muito, várias vezes. Tenho noção de que já estou cheio, mas, por gulodice, ainda como mais seis ou sete peças de sushi, ainda como mais um pouco de massa, ainda como uma sobremesa, e isto, de forma repetida, leva a um normal aumento de peso. 

Mas, no meu caso, não foi só a alimentação. Desde meados de Novembro que não corro, nem faço exercício, o que deve ser um recorde negativo para mim. Perdi algumas provas que queria mesmo fazer, como a São Silvestre, o Grande Prémio Fim da Europa ou o Trail dos Abutres, mas nestes últimos meses não consegui mesmo treinar, sobretudo porque todo o tempo livre que tenho tido tem sido dedicado ao Mateus e a um projecto em que estou a trabalhar e que me consome muitas horas semanais (em breve falo disso).

 

As minhas rotinas de corrida eram sempre as mesmas: acordava às seis e meia ou sete da manhã e ia correr. Depois, tomava banho e ia trabalhar. Ora, agora, às seis e meia ou sete horas é quando o Mateus acorda, por isso, e quando estou de turno, tenho de ir tratar dele. Nos dias em que não sou eu a tratar dele, tenho de aproveitar para escrever, para trabalhar nesse novo projecto. 

Quando chego a casa, à noite, se o Mateus ainda estiver acordado, dou-lhe o jantar e fico um bocadinho com ele. Depois, vou eu jantar, ou fazer o jantar. Acabo de comer, muitas vezes, às 21h30/22h, logo, fica impossível ir correr a essa hora. Até porque acordo às seis ou sete para tratar do miúdo ou para escrever.

 

Claro que se me esforçasse mesmo muito conseguiria encaixar aqui a corrida e os treinos, mas isso implicaria um sacrifício que, neste momento, não me apetece fazer. Quis, e quero, dar prioridade a outras coisas. A consequência está, agora, assinalada na balança.

 

Bom, mas os tempos mudam e esta semana, para lá das dietas, também vou voltar aos treinos, quer a correr, quer no ginásio. Ainda não sei bem quando nem como, mas já disse a mim mesmo que vou regressar ao exercício. 

Em meados de Fevereiro tenho um Trail, na Carregueira, a que quero ir, a 30 de Março tenho a Corrida do Benfica e a 4 de Abril irei correr a Maratona de Paris, para a qual já estou inscrito, com viagem marcada, logo, é inadiável (esta semana dou detalhes sobre isto).

Por isso, é hora de fechar a boca, tirar o pó dos ténis e encontrar forma de contrariar o sono. 

Tudo se faz, basta querer. E, agora, eu quero.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:59


12 comentários

Sem imagem de perfil

De irina a 29.01.2014 às 00:28

Gulodice e não goludice.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 29.01.2014 às 00:41

'Não costumo oscilar muito de peso, mas ando sempre entre os 65 e os 70, por aí.'

Opá 5 quilos parece-me um bocado! Acho que no seu caso faria mais sentido ter em atenção a alimentação durante TODO o ano (evitando as tais fases de goludice quando já está cheio depois de uma refeição) do que fazer dieta duas vezes por ano.
Sem imagem de perfil

De Nuno Reis a 29.01.2014 às 13:57

Sem treino há mais de 2 meses e com uma Maratona daqui a 3? Um bocadinho demais não?
Sem imagem de perfil

De adaniiva a 29.01.2014 às 10:02

Ola arrumadinho :)
Não costumo comentar o seu blogue porque não escrevo nada bem .
Mas desta vez tocou no meu ponto fraco.
Gostava de poder ser como voce.
Gostava de ser preguiçosa quando quero e disciplinada quando quero.
Mas o meu corpo e mente não funcionam assim.
Tenho um ódio tremendo ao ginásio e tenho mais mil e uma razões para não gostar de outros desportos.
Devivo à minha localização geográfica ( uma vilazinha no Norte) os ginásios não são grande pistola e os horários muito reduzidos. A principal desculpa é o meu trabalho ( horas e esforço fisico ).
Mas quero dizer-lhe que se já o admirava por muitas outras coisas hoje ainda mais o admiro. Porque acho que tem aquilo que eu não sei se existe que é 'a força de vontade' que toda a gente diz que não tenho.
Muito boa sorte :)
KissKiss
Sem imagem de perfil

De ozmgl a 29.01.2014 às 10:05

Run Ricardo Run! Não sei se te apetece, ou até mesmo porque existem várias coisas já escritas (cada cabeça sua sentença), mas um dia podias deixar assim uma check list sobre o que fazer para quem quiser começar a correr (e nunca correu por sistema). Assim coisas como a necessidade, ou não, de um aquecimento inicial, como o fazer, quais os movimentos básicos, como terminar a corrida e - muito útil - quais os locais com apoio para a corrida ao ar livre. A questão do tempo que referes, e prioridades na vida, para mim é factor muito impeditivo. Por isso , prefiro os tempos mais "mortos" como as horas de almoço (não penaliza a família). Sem recorrer a ginásio (e orçamento), corre-se em lisboa e depois? Quais as infraestruturas de apoio que existem para uma pessoa poder regressar ao trabalho de forma "apresentável" ? É algo que procuro e não encontro respostas concretas, vejo percursos mas não vejo grandes apoios para um duche rápido ou onde equipar/"des"equipar". Se um dia escreveres sobre tal, cá estarei para ler. Se não, por cá passarei na mesma. Fica a dica. Obrigado!
Sem imagem de perfil

De MS a 29.01.2014 às 10:26

Eu tb tenho esse mesmo "problema" que tu... Adoro comer! E sushi então nem se fala. No entanto, precisamente desde Novembro/Dezembro que tenho feito exercício diariamente. Todos os dias da semana acordo às 6h e lá vou eu para o ginásio às 7h e digo-te que nunca me senti tão bem e tão motivado!
Em relação à dieta, tb me tenho esforçado procurando ter uma alimentação saudável, de quando em vez lá cometo um excesso mas se não fosse assim a vida não tinha piada pois tal como tu, também considero que comer é um dos maiores prazeres da vida!
Bom regresso à actividade física! ;)
Sem imagem de perfil

De J. a 29.01.2014 às 11:30

Por isso é que ficaste doente... Toca a mexer esses pés e boas provas!
Sem imagem de perfil

De Portuguese Girl with American Dreams a 29.01.2014 às 12:33

Fazes muito bem. Temos que nos sentir bem em primeiro lugar. Nao sou muito dada a corridas, mas gostava. Neste momento estou a fazer uma detox de 3, explico tudo no meu blog:)

Boa sorte:)
Imagem de perfil

De miuda a 29.01.2014 às 18:11

Arrumadinho,

Fiquei curiosa...Carregueira?


Sem imagem de perfil

De m&m s a 30.01.2014 às 07:50

Ola ricardo,bom dia.posso saber se essas corridas sao ao ar livre ou numa passadeira?eu fazia caminhadas em portugal,mudei recentemete de pais e aqui ainda nao tenho companhia para isso.comprei uma passadeira,tens algum plano ou dicas de como comecar? Obrigado
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 30.01.2014 às 20:13

Oscila entre 65 ou 70 ???
Isso é muito (5kgs) , o normal é oscilar 1 ou 2 kilos. Algumas coisa na sua alimentação ao longo do ano anda a falhar.

Comentar post


Pág. 1/2




A minha segunda casa


Sigam-me


Os meus livros


Sigam-me no SAPO

foto do autor


Coisas mais antigas

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Google Analytics



SAPO Blogs