Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


06
Jan16

Isto não está a melhorar

por O Arrumadinho

mati.jpg

 

Mais uma noite daquelas. Este regresso do Mateus às rotinas está a ser um bocadinho mais demorado do que esperávamos e não há meio de o puto voltar a atinar com os sonos. Depois de há duas noites ter passado quase uma noite em claro (após vários dias terríveis), ontem achei que isto até estava a melhorar e a caminhar para a normalidade. Esperava que esta noite, pela primeira vez em muitos dias, pudessemos finalmente ter umas horas de sono continuado, daquele que dá para ter a sensação de que efetivamente se dormiu. Mas não.

 

Voltou a demorar mais de uma hora para adormecer. Foi para a cama perto das 22 horas e já passava das 23h15 quando a mãe apareceu no escritório, após várias tentativas para sair do quarto (eu, cá do fundo, percebia isso porque após um longo silêncio, de repente, o sacaninha desatava aos berros — era a mãe a tentar esquivar-se, sem sucesso). Ainda estivemos a trabalhar até depois da meia-noite, deitámo-nos já perto da 1h e naquela altura em que estava mesmo quase a apagar, por volta das 2h, o gajo acordou. Como ontem estive eu de turno, hoje foi a mãe que foi lá. Não sei ao certo quanto tempo esteve no quarto dele, porque entretanto adormeci, deviam ser umas 2h45. Às 5h acordei com os berros do quarto dele. Esperei um bocado para ver como é que aquilo ia evoluir. Começaram os chamamentos: "Paaaaaaaaaaaaaiiiiiii", "mãããããããããããeeeeee". Ignorámos. E ficou nisto uns 15 minutos. Lá conversámos e decidimos que não podíamos ceder, porque se vamos lá sempre que ele nos chama, ou se ele só dorme com um de nós no quarto vai querer que as coisas sejam sempre assim — já passámos por isto noutras alturas, e a coisa resolveu-se quando deixámos de ir lá sempre. Resistimos à berraria e ele deve ter-se calado já depois das 6h15. Às sete tocou o despertador.

 

Pronto, aqui estou eu feito zombie fresquinho para mais um dia de trabalho.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:30


16 comentários

Sem imagem de perfil

De Filipa a 06.01.2016 às 10:44

Ola!! Devo dizer que la em casa temos um pequeno de tres anos e de vez em qd isso acontece! Penso que sejam fases! Nos optamos por nao ignorar, porque o choro é intenso.... So posso dizer que tenham paciencia, porque agora irao surgir essas situacoes! :) boa sorte!!
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 06.01.2016 às 10:48

Oh God!
O pijama é o máximo :D
Sem imagem de perfil

De Carla Marques a 06.01.2016 às 11:10

Cá em casa já tentámos ignorar até a nossa filha decidir adormecer sozinha.
Durou uns segundos, ouvimos um "Pum" e choro mais forte e fomos logo a correr todos esbaforidos para o quarto.
Ela não fica sossegada a chamar por nós, começa a deambular pelo quarto, a subir às mesas e cadeiras (a secretária pequenina dela) e a dar cabeçadas nos móveis... Então não temos outra hipótese senão ir ter com ela. Se ainda tem sono quando acorda, volta a dormir rapidamente sem grandes coisas, mas se já estiver de olho bem aberto é coisa para demorar umas horas. O bom de demorar a adormecer é que gosto de me enfiar na cama da Lara e ficar agarrada a ela até ela adormecer.
Sem imagem de perfil

De Inês a 07.01.2016 às 14:41

Epá, assim não! Nunca tinha pensado nisso, porque a minha filha não sai da cama, só nos chama. Mas isso da Lara se levantar e andar pelo quarto...! Livra! Bjs e melhoras noites
Sem imagem de perfil

De Carla Marques a 07.01.2016 às 22:45

Obrigada Inês! :) Ontem acordou às 4 e voltou a dormir apenas às 6. Mas o pai foi um querido e foi ele deitá-la. :P Acredito que vai melhorar com o tempo. Vá... daqui a um ano já deve estar a dormir bem. :D
Sem imagem de perfil

De Sara a 06.01.2016 às 11:17

Lá em casa temos passado muito por isso mas a dobrar. As nossas duas filhas, uma com 4 anos, a outra com quase 2, vão passando pelas diferentes fases de desenvolvimento, de medos, ou então neste caso, de tempo de férias, e isso reflecte-se muito no sono. Eu e o meu marido nem sempre temos lucidez nocturna para resistir a ficarmos com elas ou a dar colo. Mas a prática é mesmo insistir para que adormeçam na cama delas e sozinhas, pois mesmo havendo estas fases de loucura total acaba por ser mais fácil voltar à normalidade, ou seja, os "maus-hábitos" não chegam a instalar-se. Mas é duro... Tão duro. Força e parabéns pela vossa família tão gira.
Sem imagem de perfil

De Miss Sardas a 06.01.2016 às 11:22

E depois olhamos para a carinha deles de manhã e não conseguimos ter raiva!
Também sofro com noites muito más (sobretudo desde as férias do Natal), mas o meu ainda só tem 8 meses.
Sem imagem de perfil

De Lu a 06.01.2016 às 11:27

Ahahaha ainda ontem foi uma risota com a minha filha quando lhe contei como saía de gatas do quarto dela, a minha agilidade felina, super silenciosa...quase a chegar à porta ouvia "mãiiiiiiii!!!!".
Ontem ri-me, mas há 5 anos foi caótico...quase que me divorciei porque eu achava que devia insistir em a deixar berrar, mas o pai achava que não. Falamos nisto na consulta dos 2 anos, eu inchadissima, certa que ia encontrar um aliado no pediatra ... Resposta deste "coitadinha...compra um colchão e dorme ao lado dela..." aaaahhrrgh! Foi 1 mês nisto, depois foi passando...por isso coragem!
Imagem de perfil

De Niki a 06.01.2016 às 13:51

O mateus tem a idade da minha Melissa, a minha fez dois em Novembro...
E o aviso aqui fica, cuidado com o ignorar agora... isto porque eu a Melissa ainda não tinha os dois anos, dormia no berço (como acho que o Mateus ainda dorme)... e fui a deitar... sai de mancinho para ela adormecer sozinha como sempre fez... fui para a cozinha arrumar a loiça mais o marido, ouvimos as grades a mexer muito e um estrondo seguido de um choro intenso... tinha trepado a grade (com a grade alta e o colchão no fundo) não sei bem como e caiu... foi um susto tal... que tiramos logo as grades e compramos um protetor de cama, ela consegue sair da cama mas nunca saiu felizmente.
Vejam lá se o Mateus não se lembra de tentar sair e magoa-se...
Sem imagem de perfil

De Vanda Rodrigues a 06.01.2016 às 15:55

http://www.wook.pt/ficha/o-coelho-que-queria-dormir/a/id/16960872

Foi a minha melhor compra de 2015.
Com o meu João funciona mesmo :)
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 06.01.2016 às 16:02

A minha há tempos esteve cerca de uma semana assim e depois passou ao normal, a dormir as noites seguidas! Uma ou duas noites tive de a colocar no meu quarto para podermos descansar, mas sempre com medo que se habituasse e já não quisesse o quarto dela... mas não aconteceu e tudo voltou ao normal! deve estar a começar a ter medo dos sonhos, vai passar :)
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 06.01.2016 às 16:22

Ainda bem que optamos pelo co-sleeping cá em casa após 5 meses extenuantes, depois disso as noites foram muito melhores! Menino autónomo e a dormir sozinho na sua cama desde os 3 (tem 5)! Sem dramas! Mas cada faz à sua maneira :) coragem!

Comentar post


Pág. 1/2




A minha segunda casa


Sigam-me


Os meus livros


Sigam-me no SAPO

foto do autor


Coisas mais antigas

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Google Analytics



SAPO Blogs