Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


08
Abr15

Há dias, a minha mulher fez uma coisa que já há alguns anos queria ter feito, mas que nunca tinha tido o impulso para avançar: inscreveu-se junto de um grupo de peregrinos que irão a pé até Fátima. Vão numa sexta-feira e chegam na terça seguinte. Sempre que ela me falava nisto eu pensava: "Isto era giro era fazer o percurso a correr". Mas nunca dizia nada. No fundo, sabia que no dia em que ela o fizesse a pé eu iria fazer o mesmo mas a correr. E é isso que vai acontecer. Só que quando o anunciei a resposta não foi propriamente a mais efusiva...

33km .jpg

 

Vamos por partes: sou ateu. Não sou um daqueles ateus revoltados com tudo o que tenha a ver com a igreja ou religião, pelo contrário, sou um ateu moderado e respeitador de todas as crenças. Eu não acredito, mas não critico ou julgo quem acredita. Respeito a fé, como espero que respeitem a minha não-fé. 

Por ter uma mulher católica, casei-me numa igreja (em disparidade de cultos, ou seja, ela casou-se perante Deus, eu não), vou algumas vezes à missa, já fui a Fátima duas ou três vezes, a Santiago de Compostela ou a Lourdes, em França. Como disse, não tenho nada contra o catolicismo e sinto que estes locais têm efetivamente um peso e uma energia diferentes, que mexem até com quem não acredita, como eu. 

Por isso, esta ida a Fátima nada tem a ver com promessas, crenças, fé, tem tudo a ver com um desafio pessoal que me quero impor e que acho que pode ser divertido: tentar correr 140 km em apenas 48 horas. 

Mas porquê Fátima, então, já me perguntaram. Por uma razão simples: naquele fim de semana (9 e 10 de maio) irei ter mais gente nas estradas a apoiar-me do que em qualquer corrida que faço em Lisboa. É verdade. Planeio ir pela rota dos peregrinos, onde irei encontrar centenas e centenas de pessoas que não só me darão uma palavra de ânimo (e isso conta muito quando se levam 40 ou 50 km nas pernas), com um pouco de água se precisar ou ajuda num qualquer percalço. No fundo, é mais fácil, mais seguro, mais entusiasmante completar este desafio numa altura em que as estradas estão cheias do que com estradas desertas. Por outro lado, também é mais seguro, visto que os carros circulam (ou devem circular) com mais cuidado, já que sabem (ou devem saber) que há muitos peregrinos nas bermas. 

A minha ideia para a corrida não é a de ir com uma grande mochila cheia de tralha, saco cama, tenda, farnel, nada disso. Quero ir leve, para poder ir rápido e conseguir cumprir com os perto de 70 km diários que tenho de fazer. Conto levar apenas uma pequena mochila de trail com água, barras energéticas, bananas, gel, uma muda de roupa para correr no dia seguinte e um pequeno kit de emergência médica. De resto, irei parar para almoçar, jantar, lanchar, e quero ficar a dormir nalguma pensão de beira de estrada, para não ter de carregar com tenda e saco cama.

Já tenho pelo menos dois amigos que se querem juntar a mim e um terceiro que está a ponderar ir de bicicleta. Vai ser divertido.

Entretanto, ando a treinar que nem um louco, não por causa deste desafio mas para preparar a Maratona de Madrid, que vou correr a 26 de abril. Na foto lá em cima, tirada este fim de semana, tinha acabado o meu treino mais longo de preparação: 33 km em 2h40.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:54


20 comentários

Sem imagem de perfil

De A Pipoca Arrumadinha a 08.04.2015 às 13:26

Que corra pelo melhor!
Sem imagem de perfil

De Nuno Rito a 08.04.2015 às 13:30

Óptima ideia!!! também esta na bucket list sem data para a fazer!!
Boa viagem !!!!
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 08.04.2015 às 14:46

E o MIUT? :D
http://www.madeiraultratrail.com/
Sem imagem de perfil

De Sara Morais / The Citified a 08.04.2015 às 16:11

Faço-te uma vénia pela coragem! :) Devia haver mais gente como tu.

xx Sara
Sem imagem de perfil

De Hugo Miguel a 08.04.2015 às 16:14

Bom desafio, só falta dizeres a data prevista para o evento para ver se encontras mais uns "malucos" :)

P.S.: Se quiseres fazer esse desafio num âmbito mais competitivo de 12 a 13 de Junho tens a Ultra Maratona Caminhos do Tejo - 144Km - Lisboa - Fátima.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 08.04.2015 às 16:49

Boa sorte Ricardo :)!
Sem imagem de perfil

De alexandra a 08.04.2015 às 18:19

Uau! Isso é que é um desafio!
Boa sorte e que corra tudo pelo melhor!
Sem imagem de perfil

De Carla Brito a 08.04.2015 às 21:16

Boa sorte e que tudo corra bem!
Se eu estivesse em PT, juntava-me de bicicleta!
Dá-lhe!!
Sem imagem de perfil

De Nelito a 09.04.2015 às 00:24

Já acompanhei a ultra-maratona que liga Lisboa a Fátima de bicicleta e achei que o principal desafio é o caminho em si. É feio e desinteressante, o que torna o desafio entediante e o sofrimento mais notório.
A companhia que levas será um grande apoio a tornar mais leve o desafio.
Sem imagem de perfil

De Carlitos a 09.04.2015 às 08:12

Fucking hipsters

Comentar post


Pág. 1/2




A minha segunda casa


Sigam-me


Os meus livros


Sigam-me no SAPO

foto do autor


Coisas mais antigas

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Google Analytics



SAPO Blogs