Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Vivemos num país de gente indignada. É um estado de espírito constante. Tudo nos indigna. "Claro que estou indignado, pois claro que estou!" é das frases que mais se ouvem naquelas reportagens de rua das televisões a propósito de qualquer coisa que está errada. As pessoas indignam-se porque o vizinho deixa o saco do lixo à porta do caixote e não lá dentro, indignam-se porque o colega do lado sai sempre às cinco em ponto, indignam-se porque há gente a gastar cinquenta euros num jantar quando o País está na desgraça, indignam-se porque sim, porque vivem numa permanente indignação. É algo muito nosso, aquela coisa de acharmos sempre que está tudo errado, que é tudo mau, tudo negativo. Levamos a vida e as coisas demasiado a sério. Tudo é visto com um problema, um drama, mesmo aquelas coisinhas de nada do dia-a-dia que nos deviam passar ao lado.

Isto só me chateia mais porque nos assuntos verdadeiramente importantes as pessoas raramente se indignam, raramente se mexem e fazem qualquer coisa para mudar. 

O caso Sagres/frango do Rui Patrício que hoje de manhã invadiu as redes sociais é o mais recente exemplo de indignaçãozinha barata e estúpida. O vídeo era uma brincadeira, brincava com uma coisa factual - um frango, um frango unânime, um frango que é frango aqui ou na China. Qual é o drama disto? Porque é que não nos podemos rir de um lance caricato que aconteceu num jogo de futebol? Onde é que a Sagres ofendeu o jogador ou a instituição Sporting? Se o caso fosse com o Benfica eu seria o primeiro a gozar com isto, como gozei durante um ano inteiro com as frangalhadas que o nosso querido Roberto dava semana sim, semana sim. 

A Federação Portuguesa de Futebol, que recebe uma batelada de dinheiro por ano da Sagres, em patrocínios, ficou muito chateadinha com o vídeo e fez queixinhas. O Sporting também não achou graça à brincadeira. A Sagres não teve outro remédio que não retirar o vídeo e pedir desculpas a todos os "ofendidos".

Na minha opinião, não o deveria ter feito. O vídeo não teve intenção de rebaixar ninguém, mas apenas de brincar com uma situação caricata. É impossível ser-se unânime em tudo o que se faz, sobretudo se as brincadeiras tiverem a ver com futebol, política ou religião. São assuntos para os quais a tolerância é zero, a capacidade de encaixe é zero e que já se sabe que vão dar asneira.

Somos todos muito pela liberdade de expressão, pela liberdade de dizermos o que achamos, só que depois quando nos tocam nos calos não admitimos, indignamo-nos, vamos fazer queixinhas. Indignadinhos, é o que somos, mas indignadinhos com o que interessa muito pouco. 

Se aprendessemos a rir de nós mesmos a vida teria muito mais graça.

Aqui fica o vídeo para a eventualidade de alguém não o ter visto.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:44


65 comentários

Sem imagem de perfil

De Diana Condesso a 16.02.2015 às 22:44

Mas depois são todos Charlie ... bah ! Num país onde o humor negro deve ter aí um fã em milhares e onde não se pode brincar com nada que há sempre alguém que fica ofendido... Deviam era ter convocado uma marcha para defender a liberdade de expressão da Sagres. A diferença é que para as marchas todos marcham, agora ser tolerantes , rirem-se de si próprios e ver situações tristes com humor é que não! Estou indignada! :p
Sem imagem de perfil

De ML a 16.02.2015 às 23:07

A sério que este vídeo foi retirado?? :o

Precisamos mesmo todos de aprender a rir mais.
Sem imagem de perfil

De Mario a 17.02.2015 às 19:01

Então ri-te também com este: http://www.futevideos.com/benfica-vs-sporting-cp-golo-de-i-slimani-20min/
Ahhh, espera... este não foi frango. Foi um "erro" do guarda redes...
Sem imagem de perfil

De Ana a 17.02.2015 às 00:38

Normalmente não concordo com nada que venha a seguir a "vivemos num país de ...", ou "só em Portugal é que ...", ou "nós Portugueses somos mesmo ...", mas desta vez tenho de admitir que este post é a mais pura das verdades. Não somos só nós, é certo, mas em Portugal há muitos indignadores profissionais com opinião inflexível sobre tudo - menos o que de facto importa -, o que se tornou muito mais aparente neste era das redes sociais. Ou é a Pipa que quer uma mala e é um escândalo, ou é a Sagres que brinca com um 'frango' e é uma vergonha, ou é o Jamie Oliver que faz um Bacalhau à Brás diferente do das nossas avós e é uma afronta... Ufa, que tanto indignar cansa!

(E agora lembrei-me do quão bons eram os Gato Fedorento no início, com sketches como o do homem indignado com as vindimas e os cowboys. Faz-nos falta mais sátira nos meios de comunicação, talvez nos ajudasse a aprender a rirmos de nós próprios.)
Sem imagem de perfil

De Luís da Luz a 17.02.2015 às 17:38

E não será também este post, o teu comentário (e agora o meu também) de "indignadinho"?

Que redundância dude :P
Sem imagem de perfil

De anónimo a 17.02.2015 às 02:24

A Sagres põe lá uma batelada de dinheiro e recebe outra tanta batelada com isso. Em vendas, em TOM do consumidor, em associação à nação e aos valores que tanto clamam. A Sagres esqueceu-se, pura e simplesmente, que é patrocinador oficial da Selecção. O ataque era ao Sporting, patrocinado pela concorrência... o objectivo foi apenas esse. Esqueceu-se foi que o jogador em causa, é GR da Selecção. Se fosse um checo ou um russo o GR, o vídeo não tinha gerado este buzz. Mas a intenção estava lá, gozar com o GR e o frango da equipa adversária ao clube que patrocinam. Mau interactive marketing. Só isso.
Sem imagem de perfil

De hp a 17.02.2015 às 03:28

Queria ver se fosse no teu clube. Se achavas tanta piada.
Sem imagem de perfil

De Paulo a 17.02.2015 às 11:00

Se fosse com o meu clube (que é o mesmo do Arrumadinho), eu acharia piada.
Sem imagem de perfil

De Hernani Gomes a 17.02.2015 às 17:44

Você parece os miúdos quando amoam.
Conhece aquela anedota do Joselito e do Zézinho? O Joselito, espanhol, goza com o Zezinho, português no recreio da escola.
- Eu como chocolate e tu comes broa!
- O Zézinho, sentindo-se diminuído por não ter dinheiro para chocolates vai para casa a chorar e queixa-se à mãe. A mãe diz-lhe:
- Se o Joselito chatear-te com a mesma coisa amanhã, tu dizes que tens um Passos Coelho. E no outro dia, novamente o Joselito:
- Eu como chocolate e tu comes broa!
- E eu tenho um Passos Coelho e tu não tens!
O Joselito, surpreendido com a reação responde:
- Não tenho, mas vou ter!
- Então lixas-te que vais comer broa!
Hp, uns riem hoje, outros rirão amanhã. Agora, sensura e cinzentismo, ainda por cima com um vídeo sem maldade, onde também se brinca com o Belenenses (esquece-se que o vídeo acaba com os festejos do golo sportinguista e o desequilibrista do Restelo?) isso é que não! E desde quando é que uma personalidade pública é intocável. Parece que os portugueses andam todos com um cinto torturador como o que os membros da Opus Dei usam.
Sem imagem de perfil

De Miguel Antunes a 17.02.2015 às 18:31

Meu caro amigo, ou não leu bem o que o homem escreveu, ou o seu facciosismo não o deixa assimilar o que lê. Então ele não afirma que gozou à brava com o Roberto? Olhe eu, que também sou benfiquista, achei alguma laracha ao "tal" video, e não teria nenhum tipo de problema em ri-me à mesma se o guarda-redes fosse do meu clube. Tenho a certeza absoluta que até o Rui Patrício se deve ter rido com ele e não lhe deve ter encontrado problema nenhum. Vocês é que estão de tal maneira sensiveis (é o chamado efeito "empate em casa com o Benfica aos 93 minutos...") que qualquer coisinha vos pôe a chorar e a fazer queixinhas.
No próximo jogo já o Rui Patrício volta ao normal e tudo vai continuar na paz dos anjos com ele. Com o seu clube, é que já não sei...
Sem imagem de perfil

De Marco Neves a 17.02.2015 às 20:34

O autor do post respondeu a isso no próprio post: sim, acharia piada, como já achou dos frangos do Roberto.
Imagem de perfil

De carlosayres a 18.02.2015 às 02:24

Penso não haver muito para dizer, no que concerne ao vídeo da Sagres, que acabou por retirar, mas que não devia. Todos nós vemos que o Rui Patrício há muito que devia ter dado o lugar ao guarda-redes substituto, porque ele não tem medo de sair dos postes ou da pequena área, para ir roubar uma bola que já estava na cabeça do adversário. O Rui Patrício tem terror em sair da baliza e muito mais em largar os postes, com medo que alguém os roube. Mas o treinador não vê nada disso nem de outros pormenores importantes, para se poder ganhar um jogo, colocando lá empecilhos, quando bons jogadores ficam no banco. É treinador de bairro e está mais que dito. sobre outras coisas, não me vou alongar, porque está-se a acabar o papel e a tinta... carlosayres
Sem imagem de perfil

De Maria a 18.02.2015 às 10:19

"Se o caso fosse com o Benfica eu seria o primeiro a gozar com isto, como gozei durante um ano inteiro com as frangalhadas que o nosso querido Roberto dava semana sim, semana sim. "
Sem imagem de perfil

De Bruno a 18.02.2015 às 13:06

A Sagres tem um vídeo da Sagres Penalty Cup em que um dos intervenientes diz que era bom se o guarda redes fosse o Roberto. Em tom de riso. Portanto, já se fez algo assim com um atleta do Benfica e não vieram todos indignadinhos como já vem sendo costume no sporting. Mas também indignam-se com tudo, até com o facto do Benfica ser mais conhecido na Europa.
Sem imagem de perfil

De Laissez Faire a 17.02.2015 às 09:45

Sim é verdade que as pessoas se indignam com tudo e mais alguma coisa. Também é verdade que foi um frango sublime, mas acho chato a Sagres ter pegado nisso e gozar. Estamos a falar da carreira de uma pessoa e de um momento menos feliz. Também não gostávamos que gozassem com um momento nosso menos feliz a nível profissional, certo? Eu não gostava pelo menos.
Imagem de perfil

De Maria das Palavras a 17.02.2015 às 09:46

Foi péssimo da equipa de marketing, porque já deviam saber que somos tacanhos e não podem fazer jogadas destas...mas é um anuncio, tem a importência que tem. Nenhuma. Muita gente nem teria visto se não tivessem feito tanto sururu.

Diz a sportinguista.
Maria das Palavras
http://daspalavras.blogs.sapo.pt
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 17.02.2015 às 10:20

O Patrício não é só jogador do Sporting, é jogador da selecção e, quer gostemos ou não, representa oficialmente o país, vestindo uma camisola que tem de ser respeitada. O iluminado que teve a ideia do vídeo levou a rivalidade para o trabalho e foi infeliz. A Sagres não tinha como não pedir desculpa. Se todos achássemos graça às mesmas piadas, aí sim, seríamos um povo de tolinhos.
Sem imagem de perfil

De Nuno R. a 17.02.2015 às 11:00

O que é preciso é brincar: como fez o Unas!
"E se no próximo jogo o Patrício ficar ao assador...o meu é com picante!"

Ha ha ha

Aqui o vídeo dele: https://www.youtube.com/watch?v=AMkxGP8o2PM
Sem imagem de perfil

De Manuel C a 17.02.2015 às 11:29

E tu está indignado com a indignação das pessoas, já viste como é irónico :).

Comentar post


Pág. 1/6




A minha segunda casa


Sigam-me


Os meus livros


Sigam-me no SAPO

foto do autor


Coisas mais antigas

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Google Analytics



SAPO Blogs