Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


06
Jan16

Os teus 35

por O Arrumadinho

Quero lá saber se são 35, 28, 42 ou 71. São os que forem. Também não quero saber das rugas que insistes em tentar descobrir colada ao espelho da casa de banho, nem dos dramas existenciais da proximidade dos 40, das gorduras que vês sabe-se lá onde, dos defeitos da idade ou do feitio. São 35, já foram 27, serão 45 e depois 62, esquece. 

 

Não é a vaidade de te ter ao meu lado com estes 35, uns 35 de mulherão, que me faz amar-te. É tudo o que não tem nada a ver com estes 35, é tudo o que espero que continuaremos a ter quando forem 49 ou 58, é tudo o que começámos a construir quando ainda eram só 27 dos teus.

 

Os 35 de hoje não são os novos 25, porque tudo o que não quero agora é voltar aos 25, e tudo o que quero agora são estes 35, novos ou velhos, com ou sem rugas imaginárias descobertas a dois centímetros do espelho da casa de banho. Eu compro tudo, tal como está.  

 

Parabéns, meu amor.

pips.jpg

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:00


16 comentários

Sem imagem de perfil

De Carla Marques a 06.01.2016 às 00:16

:) Muitos parabéns!
Adorei o texto! :P
Imagem de perfil

De Psicogata a 06.01.2016 às 09:37

Que linda declaração de amor.
Parabéns à Ana e a ti.
Sem imagem de perfil

De Bárbara a 06.01.2016 às 09:45

Uau, texto fantástico :)

Parabéns :)
Sem imagem de perfil

De homem sem blogue a 06.01.2016 às 10:34

Muitos parabéns à Ana e muitos parabéns a ti pela bonita e sentida declaração de amor.

homem sem blogue
homemsemblogue.blogspot.pt
Sem imagem de perfil

De Entre Dias a 06.01.2016 às 10:48

Opa, que texto tão querido :))
Parabéns à Pipoca!
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 06.01.2016 às 10:54

ohhhhh.... :)

Bonito casal!
Imagem de perfil

De meandmyboy a 06.01.2016 às 11:34

E pronto, começo a acreditar que o amor ainda existe. Lindo o seu texto.
Sem imagem de perfil

De anónimo a 06.01.2016 às 12:07

Todos nós vivemos, sentimos, praticamos e olhamos o amor de forma diferente, a nossa singularidade enquanto seres humanos assim o determina.
Mas quando encontramos uma pessoa que conseguimos amar incondicionalmente, aceitá-la como ela é e ela também nos aceita como somos e acima de tudo aceita o amor que temos para lhe oferecer, algo mágico acontece, que marca as nossas vidas.
Tudo o que ficamos a querer é que essa pessoa sorria todos os dias, sinta-se feliz e se concretize.
O sorriso da outra pessoa passa a ser um dos objetivos da nossa vida, porque quando ela sorri somos invadidos por uma alegria inexplicável, que nos realiza, porque estamos a fazer o outro feliz.
Parabéns a todos aqueles que amam.
Sem imagem de perfil

De Sandra a 06.01.2016 às 12:21

Coisa mais linda!
Parabéns aos dois!
Sem imagem de perfil

De Anamar a 06.01.2016 às 14:01

Adorei a sensibilidade!
Lindo! E...Parabéns á Pipoca!

Comentar post


Pág. 1/2




A minha segunda casa


Sigam-me


Os meus livros


Sigam-me no SAPO

foto do autor


Coisas mais antigas

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Google Analytics



SAPO Blogs