Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Estava lá no Estádio da Luz, em 2008, quando o Belenenses nos visitou com Jesus no banco azul e um miúdo a mandar no meio-campo, e que se dizia que no ano seguinte seria nosso. Foi nele que pus os olhos o tempo todo, já para tentar perceber o que aí vinha. Chamava-se Ruben Amorim, já jogava nas seleções jovens e tinha pinta de líder.

Chegou à Luz ainda tímido, metido numa equipa de transição, ainda com alguns rapazes que nunca provaram ter qualidade para vestir a nossa camisola (Moretto, Bynia, Yebda, Balboa) mas já com algumas das figuras que nos levaram ao título no ano seguinte (Aimar, David Luiz, Di Maria, Carlos Martins). Depois havia o Ruben, que, sempre discreto, mas competente, foi agarrando um lugar na equipa onde quer que fosse preciso, ora no meio-campo, ora na defesa, mas sempre com a mesma entrega. Era isso que eu mais admirava nele, a forma como fazia sempre tudo como se aquela fosse a última oportunidade que estava a ter para mostrar o seu valor. Mostrava-o, mostrava-o em todos os minutos, mesmo que muita gente insistisse em não ver.

 

Não sei ao certo quantos jogos é que o Ruben fez naquele ano, mas foram muitos, e ainda bem. 

Depois, veio o ano da glória, da equipa de sonho, com os mesmos David Luiz, Di Maria e Aimar, mas ainda mais com Ramires, Javi Garcia, Saviola, Coentrão. Amorim voltou a fazer o que sempre fez: a jogar onde era preciso, quando era preciso, com o espírito do ano anterior. Só que nesse ano começaram as lesões, as paragens retiraram-no da equipa, das rotinas de jogo, e as oportunidades foram sendo menos. Foi importante no título, mas podia ter sido muito mais.

No ano seguinte acabou por ser emprestado ao Braga. Foi então que percebi que o Amorim não jogava à Benfica só quando estava no Benfica, jogava à Benfica porque ele só sabe jogar à Benfica, mesmo que tenha outro escudo na camisola. Foi por isso que continuou a ir à seleção e foi também por isso que ganhou o direito de voltar ao Benfica. 

 

O ano passado, e com apenas dois ou três jogos, todos tínhamos percebido que aquele miúdo que chegara à Luz uns anos antes era agora um adulto com cabeça de capitão, com espírito de patrão, com atitude de um verdadeiro benfiquista. Estava mais rápido, mais ágil, mais forte, mais cerebral. Só que uma vez mais acabou por ser atirado para fora do jogo por uma lesão. Perdemo-lo durante uns meses, mas ficámos com a certeza de que, como sempre, ele voltaria, e voltaria com a força e a garra de sempre.

 

Voltou, guiou-nos na fase mais importante do ano, esteve lá em todos os momentos em que precisámos dele, pôs as mãos em todas as taças que ganhámos, deixou a marca que só ele tem naquela equipa. Foi, muitas vezes, o único português da equipa. Foi, muitas vezes, o mais benfiquista de todos os benfiquistas. Mereceu, por isso, tudo o que ganhou.

 

Não merecia era isto, isto que lhe voltou a acontecer, esta maldade que nunca devia ser feita a quem dá ao futebol tudo o que ele dá, da forma como dá, sempre com entrega, humildade, dedicação. O joelho do Ruben voltou a não ser amigo. Só o vamos ter em 2015, seguramente a tempo de, uma vez mais, nos ajudar a conseguir tudo, a tempo de voltar a pegar na equipa e nas taças, a tempo de mostrar que os homens como ele têm sempre o que é preciso para dar a volta. 

 

Domingo, na Luz, vou estar lá a gritar pelo nosso Benfica e a desejar muito uma vitória para ele. Já decidi que irei estampar o número 6 na minha camisola em homenagem a ele.

Se eu fosse jogador de futebol, queria ser o Ruben Amorim.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:11


9 comentários

Sem imagem de perfil

De David Cabanas a 26.08.2014 às 11:18

Também aproveito para fazer a minha homenagem ao Ruben Amorim...contudo no início desta época comentei que é o tipo de jogador propenso a lesões...não daria para contar com ele para fazer a época toda...Infelizmente ao fim de três jogos oficiais, terminou a época...muita força para o regresso!!!
Imagem de perfil

De Maria das Palavras a 26.08.2014 às 12:01

Eu só espero que no Domingo não haja banho público!! :D
http://daspalavras.blogs.sapo.pt/o-banho-publico-bruno-carvalho-33399
Sem imagem de perfil

De Nelito a 26.08.2014 às 14:59

É com este género de jogadores que se fazem equipas campeãs. Com este jogador trabalhador, constante, talentoso q.b., com entendimento do jogo e do que o jogo precisa. Coração e cabeça.
São muitas vezes os jogadores mais incompreendidos pela massa adepta, que adora os jogadores que correm para parte nenhuma decididos a fintar o fiscal de linha, porque optam pelo passe certo ainda que o menos bonito.
Adoro o Ruben Amorim, impressionou-me a forma calma e clara como se impôs na equipa de Quique Flores quando havia tantos nomes. E fez-nos muita falta durante o empréstimo ao Braga, quando se percebeu que Javi Garcia, Witsel, Matic e Enzo não tinham (e ninguém tem) pilhas para uma época inteira.
Infelizmente, com esta nova (mais uma) lesão no joelho, prevejo que a carreira do Ruben se irá aproximar mais da carreira do Jorge Andrade. Voltou sempre das lesões e colocou sempre a sua marca de forma calma e clara.
Mas agora...talvez já seja demais. Engana-me Ruben Amorim!
Imagem de perfil

De AnaCosta a 26.08.2014 às 15:07

Grande homenagem para um grande Benfiquista!! O Ruben vai recuperar e voltar ainda mais forte!!

Sem imagem de perfil

De A Pipoca Arrumadinha a 26.08.2014 às 17:27

As melhoras!
Sem imagem de perfil

De Lua a 26.08.2014 às 20:12

Grande post!
Espero que o nosso Rúben recupere rápido.
Sem imagem de perfil

De Catia a 27.08.2014 às 12:50

O meu namorado não é cromo da bola como o Ruben mas o ano passado enquanto tentava ser saudável a jogar à bola, fez uma rutura igual à do Amorim foi operado e ficou fino! Desde esse momento sempre que há uma queda fatal salta ele:"oh é rutura de ligamentos vais ver" e foi o que tristemente se confirmou...Força Ruben! Força Arrumadinho! Vamos a eles! Carrega Benfica!!!
Sem imagem de perfil

De margarida nobre a 27.08.2014 às 18:06

Exactamente o que penso e sinto em relação ao Rube ... Volta depressa e bem... Fazes falta!
Sem imagem de perfil

De Andreia a 28.08.2014 às 01:15

Eu acho que ele joga como um jogador deve jogar, como um profissional. Dá tudo o que tem e sabe, seja porque clube for, não propriamente jogar à benfica.
Mas espero que recupere bem e depressa, mas que a única taça em que meta a mão seja a taça da liga, e que no domingo saia empate a zero :p

Comentar post




A minha segunda casa


Sigam-me


Os meus livros


Sigam-me no SAPO

foto do autor


Coisas mais antigas

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Google Analytics



SAPO Blogs